4 de outubro de 2022

Contato



O que o servidor tem a ver com defesa da democracia?

O serviço público é um dos pilares

Os servidores públicos brasileiros sempre se colocaram na vanguarda dos processos democráticos e de defesa de direitos. Como mais recente exemplo, na primeira semana de agosto desse ano, a Jornada de Luta Em defesa da Democracia e Serviços Públicos foi convocada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e aconteceu entre os dias 1° e 3 de agosto. Entre as atividades da semana, houveram atos na recepção de parlamentares no Aeroporto Internacional de Brasília, atos em defesa das eleições e contra a violência política no Senado Federal e em defesa do Serviço Público e da Democracia no Congresso Nacional, além de manifestações em frente ao Ministério da Economia e Superior Tribunal Federal.

 

O serviço público é um dos pilares mais indispensáveis para a manutenção da democracia em uma sociedade. Os cinco princípios básicos da Administração Pública, que estão presentes no artigo 37 da Constituição Federal de 1988, são essenciais para a garantia de acesso aos serviços públicos a todos os brasileiros. Os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência – conhecidos como LIMPE – garantem que os servidores públicos e os serviços prestados atendam aos interesses da sociedade acima de interesses individuais, ideológicos ou de grupos.

 

Servir a sociedade é promover a democracia no cotidiano e garantir os direitos a toda população. O servidor público é sinônimo de democracia, pois é uma peça chave para o crescimento, desenvolvimento e manutenção de um país justo e igualitário. Defender o serviço e o servidor públicos compromissados com a ética e com os princípios constitucionais é  garantir a soberania e a democracia em nosso país.

 

Fonte: Fonasefe

Foto: Roberto Parizotti/CUT | Arte: Reprodução